Tuesday, September 14, 2010

Mar de outono

Há camafeus na areia da praia. E ela não catou nenhum, pois que a onda veio e mutilou os seus pés, levando-os para perto das rochas. Caiu. Algumas pedras rolaram para fora do balde. O vestido que fora da sua avó ficou cheio de areia. Ela tem rosto pálido, de ninfa.

3 comments:

  1. Isabella,
    Adoro textos enxutos, concisos, que dizem muito com pouco. Andei lendo o que você escreve e fiquei gratamente impressionado com a sua capacidade de ir ao ponto mais importante, sem rodeios. Acaba ficando elegante, sóbrio, de muito bom gosto.
    Beijo

    ReplyDelete
  2. Lord,
    Muito obrigada pela visita e pelo comentário tão gentil. Sinto o mesmo pelos seus textos e o seu compromisso com a escrita. É um prazer aconpanhá-lo de longe.
    Beijo.

    ReplyDelete